Faça sua cotação

Blog do Condutor

Veja o que diz a lei sobre protetor lateral para caminhão

Publicado por Vanessa Luchini em 11-02-2019 10:30

270482-veja-o-que-diz-a-lei-sobre-protetor-lateral-para-caminhaoDesde janeiro de 2011, a proteção lateral para caminhão se tornou um item de segurança obrigatório. O principal objetivo do equipamento é reduzir os danos dos acidentes que envolvem veículos de carga, sobretudo, nos casos de colisões laterais.

Entretanto, não basta instalar o equipamento. É preciso conhecer o que diz a lei e seguir as especificações determinadas para assegurar que a proteção cumprirá o seu papel. Confira a importância do protetor lateral para caminhões e o que é exigido pelo Contran.

Qual a importância do protetor lateral para caminhão?

O protetor tem como objetivo evitar que carros, pedestres, ciclistas e motociclistas sejam esmagados pelas rodas do rebocado e do caminhão. Consequentemente, ele reduz o número de mortes e lesões no trânsito, mas essa não é sua única função.

A instalação da proteção apresenta vantagens ao caminhão, já que auxilia na preservação de sua estrutura e do tanque de combustível nas situações de tombamento e outros tipos de acidentes. Logo, a destruição e a possibilidade de incêndio são significativamente reduzidas.

Vale lembrar que o protetor não é obrigatório para todos os veículos. Além disso, existem algumas especificações relativas à sua instalação.

O que diz a legislação?

Segundo a resolução 323 de 2009 do Contran, o protetor lateral é um item de segurança obrigatório para todos os caminhões de porte grande fabricados a partir de janeiro de 2011. Portanto, os caminhões de chassi único para carroceria e cabine, semirreboques e reboques devem sair de fábrica com o acessório.

Os caminhões que foram importados também se enquadram na normativa. Nesses casos, a instalação é responsabilidade do proprietário. Conforme a norma, o protetor não pode faltar nos casos:

  • caminhões nacionais e importados fabricados a partir de 01/01/2011;
  • veículos com plataforma ou carroceria superior a 55 centímetros do solo;
  • caminhões com Peso Bruto Total acima de 3.500 kg;
  • veículos que tiveram as características originais da carroceria alteradas ou passaram por implementos a partir da data de vigência da norma.

O uso do protetor lateral é dispensado para os veículos fabricados antes de 2011. Isso acontece porque muitos deles não oferecem as condições necessárias à instalação do equipamento (já que ele não foi previsto no projeto). Também estão desobrigados os cavalos mecânicos, os caminhões tratores, os veículos militares e os que são fabricados para exportação.

Lembre-se: descumprir a normativa caracteriza infração grave ao artigo 230 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Nesse caso, o condutor pode ser penalizado com multa, retenção do veículo e perda de cinco pontos na CNH. Agora que você já conhece melhor a lei, descubra quais especificações devem ser atendidas.

Quais são as especificações?

O Contran estabeleceu alguns requisitos para não prejudicar o desempenho do veículo e garantir a eficiência da proteção lateral. Além da qualidade do material e do número de barras, a resolução 323 determina que:

  • o protetor não deve ultrapassar a largura do veículo;
  • a superfície exterior do protetor não deve ter mais que 120 mm para dentro do plano relativo à largura do veículo;
  • a extremidade frontal deve ser dobrada para dentro;
  • as extremidades do protetor lateral, nos últimos 250 mm próximos aos pneus, devem estar no máximo a 30 mm para dentro em relação ao plano correspondente à largura do veículo;
  • quando a cabine for mais larga, deve ser considerada a largura da carroceria.

Como você pode observar, a instalação do protetor deve obedecer a alguns requisitos. Por isso, faz toda diferença contar com a ajuda de especialistas na hora da instalação. No caso de caminhões fabricados há mais de sete anos (embora desobrigados) é preciso verificar a compatibilidade do equipamento com o projeto original.

Buscando proteção e segurança?

Para garantir que tudo ocorrerá bem durante as viagens, não basta apenas instalar o protetor lateral, certo?

Quem está direto na estrada e tem o veículo como instrumento de trabalho, entende a importância de poder contar com um bom seguro. O problema é que seguro de caminhão, muitas vezes, é caro, tornando-se inviável sua contratação.

Com o seguro exclusivo de furto e roubo da Suhai Seguradora isso é diferente, afinal, você protege o seu caminhão, com um valor que cabe no seu bolso!

Só quem é especialista nesse tipo de cobertura pode proteger o seu veículo e oferecer preços até 80% mais barato que um seguro completo, sem restrição para marca, modelos ou ano — e ainda com assistência 24 horas em todo país.

Pode pegar a estrada tranquilo, sabendo que a Suhai Seguradora vai cuidar do que é seu. Fale com seu corretor de confiança ou solicite um em nosso site.

Seguro para caminhão

Categorias: Caminhão, Dicas, Seguro, Curiosidades

Escrito por Vanessa Luchini

Vanessa Luchini é a coordenadora de marketing da Suhai Seguradora. Com mais de 15 anos de experiência atuando em grandes Agências de Publicidade, ela cuidou de importantes marcas e empresas de diversos segmentos, desde redes de varejos até líderes em tecnologia e bancos. Mais do que ninguém, ela acredita na responsabilidade do marketing como moderador entre produtos e pessoas. Para ela, a internet não permitiu apenas a conexão entre computadores, mas também foi responsável por conectar empresas com seu público, gerando uma relação mais honesta e transparente. Apaixonada por cães, dançar e curtir a família.


Últimas notícias

Assine nosso blog para receber nossos artigos por e-mail

eBook: Será que meu carro pode ser segurado?
Seguro para Moto
eBook - Seguro para caminhão
Pesquisar no Blog