Faça sua cotação

É Essencial. É Seguro. É Suhai.

BLOG DO CONDUTOR

Conheça algumas “Pegadinhas” mais comuns em postos de gasolina

Publicado por Vanessa Luchini em 05-04-2018 10:47

conheca-algumas-pegadinhas-mais-comuns-em-postos-de-gasolina

Você deve conhecer essa história: você embica seu carro no posto de gasolina, dá a chave ao frentista, pede para encher o tanque e, em menos de um minuto, começam as perguntas: “Quer que eu cheque o óleo?”, “Não quer que eu dê uma olhadinha no fluido?”. No caso de nós mulheres, então, a oferta de “serviços exclusivos” pode ser infinita.

A verdade, no entanto, é uma só: em um posto de combustível desconhecido, o ideal é apenas abastecer seu veículo. Os demais serviços de conferência devem ser feitos em casa ou em uma oficina mecânica de confiança. Clique aqui e veja algumas dicas para manter seu carro "saudável".

Isso não quer dizer que todos os postos aplicam “pegadinhas”, mas caso você esteja abastecendo em um posto que não é de seu costume usufruir destes serviços extras, é bom ficar atento!

Portanto, quando te abordarem no posto de gasolina, tome muito cuidado, pode vir pegadinha por aí. Veja quais são as perguntas mais frequentes e como evitar ser enganado:

“ Quer checar o nível do óleo?”

A resposta mais correta é: Não. Afinal, se você foi dirigindo até o posto, o óleo estava em movimento, ou seja, é claro que a vareta acusará nível baixo. E ao “completar” o óleo sem necessidade e exceder o limite, o carro trabalhará com uma pressão maior, danificando as peças internas e os retentores.

“ Não quer completar e encher até a boca?”

À primeira vista essa pergunta não parece uma pegadinha, mas o problema é que, ao passar do limite, a pressão do sistema fica negativa e o filtro pode ser obstruído. Além disso, como falta ar para gerar pressão, o sistema terá que fazer mais força para trabalhar.

“ Pode conferir a água?”

A lógica é a mesma do óleo: deve-se medir a quantidade de líquido de arrefecimento apenas com piso nivelado e motor frio. Isso porque, enquanto circula, a água absorve o calor do motor, se expande e pressuriza, o que faria parecer que o nível de água é maior. Sem contar o risco de queimadura! Não é a toa que as tampas dos reservatórios possuem o aviso “não abrir quando quente”.

“ Quer completar o fluido?”

O nível do fluido do freio só fica abaixo do normal quando há um desgaste das pastilhas, sapatas ou discos ou quando a tubulação apresenta vazamento. Para qualquer um desses problemas, só há uma solução: levar ao seu mecânico de confiança.

“ O pneu tá meio baixo. Quer calibrar?”

O problema aqui não é a pergunta em si. Calibrar qualquer um pode fazer - inclusive você mesmo. O perigo é quando o frentista não questiona qual a calibragem correta para o seu automóvel.

Não se esqueça de que cada veículo tem uma configuração específica, determinada no manual! Qualquer alteração na calibragem pode danificar seus pneus.

E como não cair em uma armadilha?

nao-quer-completar-e-encher-ate-a-boca

Para evitar ser vítima de alguma pegadinha, só tem um jeito: fazer uma constante avaliação do seu carro. E isso pode ser feito à partir de alguns passos simples:

  1. Ao ligar o veículo pela primeira vez, seja de manhã, de tarde ou de noite, verifique o nível de óleo, a água e se os pneus estão calibrados.
  2. Ao ligar o motor, confira se a temperatura se estabilizou com acionamento da ventoinha.
  3. Na sequência, acione o pedal do freio para verificar a pressão.
  4. Confira ainda se o sistema elétrico está em ordem, acionando os botões de setas, faróis, pisca-alerta etc.
  5. Por último, dê uma olhadinha para ver se o extintor de incêndio está no lugar - geralmente na parte de baixo do banco.

Seguindo esses procedimentos básicos, você fica ciente de que está tudo em ordem e não corre o risco de cair em alguma pegadinha do posto de gasolina.

Você sabia que existe “pegadinha” também em seguro?

Pois é, isso é tema para outra matéria, mas para não cair em nenhuma armadilha, contrate sempre o seguro para seu veículo com um corretor de confiança.

Se ele não te oferecer uma opção de seguro com cobertura reduzida de Furto e Roubo, com preços até 80% menos que o seguro completo, assistência 24h em todo o Brasil, ausência de franquia e aceitação para qualquer modelo de veículo, seja ele de que marca ou ano for, peça para ele o seguro da Suhai!

Se não tiver corretor, solicite um em nosso site: www.suhaiseguradora.com

Cotação Seguro Veículo

Categorias: Curiosidades

Escrito por Vanessa Luchini

Vanessa Luchini é a coordenadora de marketing da Suhai Seguradora. Com mais de 15 anos de experiência atuando em grandes Agências de Publicidade, ela cuidou de importantes marcas e empresas de diversos segmentos, desde redes de varejos até líderes em tecnologia e bancos. Mais do que ninguém, ela acredita na responsabilidade do marketing como moderador entre produtos e pessoas. Para ela, a internet não permitiu apenas a conexão entre computadores, mas também foi responsável por conectar empresas com seu público, gerando uma relação mais honesta e transparente. Apaixonada por cães, dançar e curtir a família.


Últimas notícias

Assine nosso blog para receber nossos artigos por e-mail

eBook: Será que meu carro pode ser segurado?
New Call-to-action
Seguro para caminhão