Faça sua cotação

Blog do Condutor

Quais são as multas mais comuns para motos?

Publicado por Vanessa Luchini em 31-01-2019 15:47

Quais são as multas mais comuns para motos?

Excesso de velocidade, ausência de equipamento e estacionamento irregular são algumas das multas mais comuns para motociclistas na cidade de São Paulo.

Apenas em 2017, mais de 740 mil multas foram aplicadas aos motociclistas no estado, segundo dados da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego). Apesar de representar apenas 5% do total de multas aplicadas, o valor das multas representa um custo considerável e não planejado para os donos do veículo.

Pensando nisso, listamos as sete multas mais comuns para motos. Leia este artigo e dirija sempre com prudência para evitar surpresas indesejáveis, como multas e acidentes! Vamos lá?

1. Não usar capacete

Pilotar uma motocicleta sem usar capacete com viseira ou óculos de proteção, assim como transportar passageiro sem o equipamento de segurança é uma infração gravíssima, cuja penalidade é multa de R$ 293,47, sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e suspensão do direito de dirigir.

2. Manobras perigosas

Segundo o Artigo 175 do Código de Trânsito Brasileiro, “utilizar-se de veículo para demonstrar ou exibir manobra perigosa, mediante arrancada brusca, derrapagem ou frenagem com deslizamento ou arrastamento de pneus” gera infração gravíssima e suspensão do direito de dirigir, além de multa de R$ 293,47.

3. Ultrapassagem pela contramão ou na faixa de pedestres

É uma conduta perigosa considera como uma infração gravíssima, que, além da multa de R$ 293,47, soma sete pontos à carteira.

4. Furar o sinal vermelho

A pressa de chegar logo ao seu destino ou até mesmo aquele receio de ficar parado no sinaleiro à noite faz muitos motociclistas avançar o sinal vermelho. Saiba que desrespeitar a sinalização e parada obrigatória é considerada uma infração gravíssima, implicando em multa de R$ 293,47 e sete pontos.

5. Excesso de velocidade

Trafegar além da velocidade permitida gera multa, cujo valor varia de acordo com a porcentagem do limite que foi excedido. Os valores e as pontuações na carteira são as seguintes: R$ 130,16 para infrações de até 20% acima do limite e quatro pontos na CNH, R$ 195,23 por até 50% acima do limite e cinco pontos; R$ 880,41 para quem ultrapassa os 50%, além de sete pontos e CNH suspensa.

6. Estacionar de forma irregular

A pressa também pode ser a causa de muitos estacionamentos em locais inapropriados. Tal conduta é considerada uma infração média, gerando uma multa de R$ 130,16 e adicionando quatro pontos à carteira.

7. Falta de atenção

Nada de distração no trânsito! Dirigir sem atenção ou sem os cuidados indispensáveis à segurança é considerado infração leve, com multa de R$ 88,38 e três pontos na CNH do infrator.

Bom, agora que você já sabe quais são as multas mais frequentes, é hora de ficar por dentro dos acidentes mais comuns com motos e quais situações os provocam. Assim, você fica mais atento à direção e ao trânsito, evitando dores de cabeça e até problemas mais graves.

Cotação seguro roubo furto carro

Categorias: Moto

Escrito por Vanessa Luchini

Vanessa Luchini é a coordenadora de marketing da Suhai Seguradora. Com mais de 15 anos de experiência atuando em grandes Agências de Publicidade, ela cuidou de importantes marcas e empresas de diversos segmentos, desde redes de varejos até líderes em tecnologia e bancos. Mais do que ninguém, ela acredita na responsabilidade do marketing como moderador entre produtos e pessoas. Para ela, a internet não permitiu apenas a conexão entre computadores, mas também foi responsável por conectar empresas com seu público, gerando uma relação mais honesta e transparente. Apaixonada por cães, dançar e curtir a família.


Últimas notícias

Assine nosso blog para receber nossos artigos por e-mail

eBook: Será que meu carro pode ser segurado?
New Call-to-action
Seguro para caminhão
Pesquisar no Blog