Faça sua cotação

É Essencial. É Seguro. É Suhai.

BLOG DO CONDUTOR

Meu veículo foi roubado, o que devo fazer?

Publicado por Patrick Faria em 25-09-2015 14:51

meu-veculo-foi-roubado-o-que-devo-fazer

Por causa da grande violência, ter o carro roubado é um dos medos mais comuns dos motoristas hoje em dia. E caso isso aconteça, é preciso solucionar a situação o mais rápido possível — passado o susto e a tensão, é claro. No post de hoje, apresentaremos um passo a passo para te ajudar a resolver esse problema com a polícia e com a seguradora. Veja:

Tive o meu veículo furtado. E agora?

O furto de veículos acontece quando você não estava presente na hora da ação dos bandidos. Assim, quando você chega ao local onde o veículo estava estacionado e percebe que ele não está mais lá, é preciso ligar para a central de sinistro da sua seguradora para comunicar o evento e logo em seguida acionar a polícia pelo 190 e preencher um boletim de ocorrência (BO). Caso tenha seguro, lembre-se de que quanto mais ágil for sua comunicação, mais chances terá de reaver o seu veículo.

Se os policiais não se encaminharem até você, vá a uma delegacia e faça o BO. Lembre-se de detalhes como:

  • Horário em que estacionou o veículo;

  • Presença de possíveis testemunhas;

  • Placa;

  • Modelo;

  • Cor;

  • Adesivo que caracterize o carro.

Nessas horas, toda informação é valiosa. Com o BO em mãos, entre em contato com a seguradora para comunicar o sinistro e entrar com o pedido de indenização.

 

Tive meu veículo roubado. Como proceder?

Mantenha a calma e se lembre de tudo que aconteceu. Rostos, roupas, armas, placa de outro veículo: tudo isso é informação relevante para a polícia e para sua seguradora. Ligue imediatamente para sua seguradora e para o 190 assim que estiver seguro, sem riscos de vida, informando ambos sobre o roubo.

Após comunicação prévia sobre o sinistro, se encaminhe para a delegacia e registre um BO. Se houver alguma testemunha por perto, peça para que te ajude a lembrar de detalhes ou como tudo ocorreu. O BO servirá para dar entrada ao pedido de indenização junto à sua seguradora.

 

Como fazer o contato com a seguradora?

O contato com a seguradora deve ser feito o mais rápido possível. Se ela não encontrar o seu veículo, será necessário o envio de outros documentos para a indenização, como:

  • Carteira de motorista;

  • Documentos do carro;

  • Documentos do seguro.

É interessante ter cópias do documento do carro em casa, pois o original pode ser levado junto do veículo. O caminho mais prático para solucionar esse problema com a seguradora é entrar em contato com o seu corretor diretamente. Ele é o responsável pela sua apólice e deve estar a par do que aconteceu. No caso de alguma dúvida, resolva com essa pessoa, já que ele é o representante da seguradora.

Caso não haja contato via corretor, ligue para a seguradora e faça o processo pelo telefone ou e-mail, com o envio da documentação. Ainda que os procedimentos sejam um pouco diferentes entre as seguradoras, é normal pedirem informações de segurança, além de ser importante que você conte novamente o que aconteceu, com todos os detalhes.

 

O seguro para veículo é caro. O que fazer?

Se você não tiver nenhuma proteção para seu veículo nesse momento, não há muito o que fazer — a não ser contar com a sorte. As chances de recuperação do bem normalmente são baixas, já que dependem de alguns fatores como o tempo que aconteceu o evento, a marca e o modelo do veículo e a demanda de ocorrências a serem investigadas pelas autoridades. Na maioria dos casos, os veículos não são recuperados, e o prejuízo é inevitável.

Existem hoje no mercado seguros parciais específicos para quem não consegue fazer o seguro compreensivo — e essa pode ser uma ótima alternativa. Trata-se do seguro de roubo e furto,que tem preços acessíveis. Vale lembrar que as seguradoras que prestam esse tipo de serviço aceitam todos os tipos de veículos, inclusive motos.

Quer saber como proteger seu veículo? Click aqui em Carros ou Motos!

 

Meu veículo foi encontrado. E agora?

Se o seu veículo for encontrado pela polícia, ela entrará em contato para que você o busque. É importante que todos os documentos do veículo estejam em ordem para a liberação do mesmo. Se a seguradora já tiver efetuado o pagamento de indenização, o carro ficará com a seguradora— que dará a ele o destino que convir.

É importante que você esteja ciente de todos esses procedimentos quando contratar o seguro auto. Por isso, pergunte ao seu corretor como se dá esse processo dentro de cada cobertura e/ou seguradora. Essas medidas evitam problemas caso algo ocorra um sinistro com seu veículo e garantem a prestação de serviço correta para você.

Você já teve um carro furtado ou roubado? Como foi a experiência? Compartilhe-a conosco! Deixe o seu comentário!

Cotação seguro roubo furto carro

 

 

Categorias: Moto, Prevenção, Carros

Escrito por Patrick Faria

Patrick Faria é o coordenador de marketing da Suhai. Para ele, a comunicação é fundamental para conectar as pessoas. O que mais fascina o marqueteiro é saber que ele pode interagir, dividir conhecimento e trocar experiências com diversas pessoas em qualquer lugar. Patrick também adora cozinhar e criar novos pratos. Ele acredita que a culinária é uma mistura de arte e química.


Assine nosso blog para receber nossos artigos por e-mail

eBook: Será que meu carro pode ser segurado?
New Call-to-action