Faça sua cotação

É Essencial. É Seguro. É Suhai.

BLOG DO CONDUTOR

Estradas brasileiras: saiba quais são as melhores e piores

Publicado por Patrick Faria em 08-06-2016 9:00

Estradas brasileiras: saiba quais são as melhores e piores

Uma das alegrias de quem dirige é poder pegar a estrada. No entanto, as estradas e rodovias do Brasil são consideradas precárias. Segundo estatísticas, mais de 60% das estradas nacionais não estão em condições apropriadas para o trânsito de carros.

Mesmo com essas estimativas, não se desespere, pois sempre há uma luz no fim do túnel. Hoje te mostraremos por onde você pode dirigir tranquilamente e também algumas estradas que precisam de atenção redobrada.

O que faz de uma estrada ser considerada boa para dirigir?

O que faz de uma estrada ser considerada boa para dirigir?

Embora se fale muito sobre boas ou más condições das vias rodoviárias, o pensamento mais comum dos motoristas se limita à maciez e acabamento do solo. No entanto, existem outros fatores a serem avaliados pelos órgãos reguladores. De acordo com a Confederação Nacional do Transporte (CNT), as pesquisas que medem o nível de qualidade das estradas se baseiam em três critérios: geometria, sinalização e pavimentação.

  • Geometria: aspectos ligados à segurança do motorista, englobando quantidade de faixas, largura, condições dos acostamentos e curvas das vias;
  • Sinalização: assertividade das placas indicativas nas estradas, sejam elas horizontais (aquelas que aparecem no solo) ou verticais (informações sobre lombadas, limite de velocidade, entre outras);
  • Pavimentação: além da maciez o asfalto, é avaliado o estado de preservação da pista – o que influencia diretamente no desgaste dos pneus.

Quais são as melhores estradas brasileiras?

Quais são as melhores estradas brasileiras?Por meio de uma análise realizada em mais de 95 mil quilômetros de rodovias, a CNT elegeu 10 estradas que apresentaram melhores condições em relação aos critérios geometria, sinalização e pavimentação. Detalhe: as vias estão todas localizadas no Estado de São Paulo e são resultados de iniciativas privadas. Veja algumas das melhores rodovias brasileiras:

  • 1º lugar: São Paulo (Limeira) – SP-348 (Rodovia dos Bandeirantes), SP-310 (Rodovia Washington Luís) e BR – 364. Rodovias administrada pela CCR Autoban;
  • 2º lugar: Entre São Paulo (SP) e Uberaba (MG) – BR-050 e SP – 330 (Rodovia Anhanguera). Essas vias são administradas pelas concessionárias CCR Autoban, Autovias, Intervias e Vianorte;
  • 3º lugar: Entre Jacareí (SP) e Campinas (SP) - SP – 340 (Rodovia Dr. Governador Adhemar Pereira de Barros) e SP-065 (Rodovia Dom Pedro I). Ambas as estradas são geridas pela Rota das Bandeiras;
  • 4º lugar: Entre Espírito Santo do Turbo (SP) e Itaí (SP) - SP - 280, SP – 255 (Rodovia João Mellão) e BR – 374. As concessionárias responsáveis por essas vias são CCR SP Vias, Rodovia das Colinas e CCR Via Oeste;
  • 5 º lugar: Entre Taubaté (SP) e São Paulo (SP) - SP-225 (Rodovia João Mellão) e BR-369. Essas estradas estão sob administração da Centrovias.

As piores rodovias nacionais

As piores rodovias nacionaisQuando se fala em vias com condições precárias, podemos imaginar que elas estão sob administração pública. Além disso, entre as piores, boa parte está presente na região nordeste, seguida da centro-oeste e sul do País. Conheça o ranking com algumas das piores rodovias de acordo com a CNT.

  • 1º lugar: Entre Barreiras (BA) e Natividade (TO) – BA- 460, BR-242, TO – 040 e 280;
  • 2º lugar: BR – 158, que inicia no Sul, mas tem os priores trechos entre Piranhas (GO) e Jataí (GO);
  • 3º lugar: BR – 222, em que as piores condições ficam entre as cidades de Dom Eliseu (PA) e Marabá (PA);
  • 4º lugar: BR - 174, que liga Amazonas e Roraima a uma parte do território Venezuelano. Os trechos em pior estado de preservação ficam entre Pacaraima (RR), Boa Vista (RR) e Manaus (Amazonas);
  • 5º lugar: BR - 158, RS - 640 e 241, ambas estão em péssimas condições entre as cidades de São Vicente do Sul (RS) e Santana do Livramento (RS).

Ainda de acordo com as pesquisas de Rodovias de 2013, 87% das rodovias privadas são classificadas como ótimas, contra 66% das estradas públicas incluídas no ranking de ruins ou regulares. A estimativa de investimento para melhorar a infraestrutura rodoviária do país teria de beirar os R$ 355,2 bilhões.

Enquanto isso não acontece, a informação sobre as condições das rodovias vale ouro. Então se atualize antes de pegar a estrada e diminua, inclusive, os riscos de acidentes.

Para se proteger e ficar mais tranquilo ao pegar a estrada, uma ótima maneira é fazer um seguro para o veículo. Se o seguro completo estiver fora de sua alçada financeira, a Suhai Seguradora é uma ótima alternativa. A Suhai possui seguro de furto e roubo + assistência 24h em todo Brasil, com preços até 80% menor que um seguro convencional.

Oferecemos cobertura para qualquer tipo de veículo nas 5 regiões do país, por isso, procure já um corretor e faça sua cotação. É simples, rápido e cabe no seu bolso.

Qual sua opinião sobre as estradas brasileiras? Compartilhe com a gente e colabore para tornar nosso blog ainda mais interativo. Aprove e conheça as soluções para seguros da Suhai, a seguradora com cobertura 24 horas para todo o território brasileiro.

Cotação Seguro Veículo

Categorias: Curiosidades

Escrito por Patrick Faria

Patrick Faria é o coordenador de marketing da Suhai. Para ele, a comunicação é fundamental para conectar as pessoas. O que mais fascina o marqueteiro é saber que ele pode interagir, dividir conhecimento e trocar experiências com diversas pessoas em qualquer lugar. Patrick também adora cozinhar e criar novos pratos. Ele acredita que a culinária é uma mistura de arte e química.


Últimas notícias

Assine nosso blog para receber nossos artigos por e-mail

eBook: Será que meu carro pode ser segurado?
New Call-to-action
Seguro p