Faça sua cotação

Blog do Condutor

Os maiores eventos de carros no Brasil em 2019

Publicado por Vanessa Luchini em 14-02-2019 10:53

Se você é apaixonado por carros e gosta de saber tudo sobre eles, então você não pode perder os maiores eventos de carros brasileiros neste ano!

Continue lendo
0 Comentários | Deixar um comentário

Categorias: Carro

Veja o que diz a lei sobre protetor lateral para caminhão

Publicado por Vanessa Luchini em 11-02-2019 10:30

Desde janeiro de 2011, a proteção lateral para caminhão se tornou um item de segurança obrigatório. O principal objetivo do equipamento é reduzir os danos dos acidentes que envolvem veículos de carga, sobretudo, nos casos de colisões laterais.

Continue lendo
0 Comentários | Deixar um comentário

Categorias: Caminhão, Dicas, Seguro, Curiosidades

Tudo que você precisa saber sobre a Tabela FIPE

Publicado por Vanessa Luchini em 07-02-2019 10:13

Se você quer entender como funciona o cálculo do preço de um veículo, seja ele novo ou usado, você precisa entender a Tabela FIPE. Separamos tudo que você precisa saber sobre e como você pode utilizá-la a seu favor. Confira:

Continue lendo
0 Comentários | Deixar um comentário

Categorias: Curiosidades, Dicas, Carro, Moto, Seguro, Caminhão

Como utilizar a carretinha para carros sem desrespeitar a legislação?

Publicado por Vanessa Luchini em 04-02-2019 10:30

A carretinha para carro, também conhecida como reboque,  é ideal para levar uma carga a mais nas viagens. Muitas vezes, o porta-malas não oferece espaço suficiente para guardar toda a bagagem. Existem também os casos em que é simplesmente impossível colocar no carro o que precisa ser transportado; por exemplo, motos, embarcações e alguns animais.

A melhor solução para esse problema é recorrer a uma carretinha. Em geral, os diversos modelos disponíveis no mercado permitem carregar quase tudo. Vale lembrar que ela é considerada um veículo e para garantir a segurança durante o deslocamento, evitar multas, apreensões e outros problemas é preciso obedecer à legislação de trânsito. Confira!

Quais são os tipos de reboque?

Antes de falarmos sobre os tipos de carretinha para carro (reboque) você precisa saber que reboque e semirreboque não é a mesma coisa. Ambos são veículos de carga sem tração própria, mas se diferenciam pelo número de eixos e distribuição do peso. O reboque tem dois ou mais eixos, já o semirreboque um ou três eixos e só pode ser deslocado por um caminhão, pois parte de seu peso é apoiada no veículo principal.

A escolha da carretinha deve ser feita a partir das necessidades, uma vez que existem diversas opções, modelos e tamanhos. Veja quais são as principais:

  • reboque para lanchas — opções trucadas, com e sem freio e capacidade para transportar lanchas de até 20 pés;
  • reboque para barcos — aberto, fechado ou baú sem tampa;
  • reboque para motos — modelos variados para motos de pequeno, médio e grande porte com ou sem baú;
  • reboque para animais — modelos de metal, alumínio ou madeira. Podem ser abertos ou fechados, mas sempre com espaço de circulação de ar;
  • reboque para Jet Ski e quadriciclos — modelos abertos e variados (semelhantes à carreta para motos);
  • reboque baú — modelo fechado usado para transportar cargas variadas.

Como não basta adquirir ou alugar uma carretinha para carro para circular por aí, veja agora quais os engates são permitidos e o que diz a lei.

Quais engates são permitidos?

Como não basta adquirir ou alugar uma carretinha para carro para circular por aí, veja agora quais os engates são permitidos e o que diz a lei.

Para trafegar com reboque o uso do engate é indispensável. Embora seja utilizado como acessório estético em alguns casos, sua função é garantir que o veículo adicional se manterá fixo ao carro (ou caminhão) sem colocar em risco a carga, os ocupantes do carro e as demais pessoas que circulam pela via.

Os engates permitidos são aqueles registrados no Inmetro, compatíveis com as exigências do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e adequados às características (marca e modelo) do veículo ao qual será acoplado. Isso não é tudo. O engate deve conter em local visível uma plaqueta com suas especificações, sobretudo, a capacidade máxima de tração (CMT).

Isso quer dizer que o engate não deve ser encarado como acessório estético ou de proteção contra colisões traseiras. Portanto, desenhos, formas inadequadas e cortantes não são permitidas pelo resolução que dispõe sobre o engate.

O que diz a legislação?

Além de respeitar as restrições quanto ao engate, é preciso ficar de olho no que diz o CTB. O órgão, em seu artigo 12, atribui a responsabilidade de regulamentação das normas ao Conselho Nacional de Trânsito (Contran). As resoluções que tratam da carretinha para carro são:

  • resolução nº 197/06 e nº 234/07 — discorre sobre o uso do engate em veículos leves e suas especificidades;
  • resolução nº 273/08 — trata dos semirreboques para motocicletas;
  • resolução n.º — semirreboques e reboques são considerados veículos pesados, assim como o veículo que realiza a tração.

Muitas resoluções, não é mesmo? Por isso, separamos para você os pontos mais importantes.

Peso carregado e categoria da CNH do condutor

Motoristas habilitados na categoria B só podem transportar carretinhas e suas respectivas cargas com até três toneladas e meia de peso bruto total. Acima disso (e até seis toneladas), é necessária Carteira Nacional de Habilitação (CNH) da categoria C. Quando a soma do peso do reboque e da carga ultrapassam os 6 mil quilos, os condutores deverão ser habilitados na categoria E.

Registro e licenciamento obrigatórios

Proprietários de carretinhas, mesmo isentos do pagamento de IPVA e do Seguro Obrigatório, devem registrá-las junto ao Departamento de Trânsito (Detran) da cidade onde residem e informá-lo sobre eventuais mudanças de cidade, transferência de propriedade etc. O licenciamento deve ser pago anualmente e o reboque emplacado até 30 dias após sua aquisição.

Sistema de iluminação

Junto ao licenciamento anual, o sistema de iluminação do reboque também é alvo das fiscalizações de rotina. É importante checar periodicamente o pisca alerta, colocação de faixas refletivas e luzes de freio e seta, entre outros itens. Não esqueça que a ligação de energia entre o reboque e o engate deve ser adequada ao seu veículo e que todas as sinalizações traseiras do carro devem ser também as da carretinha.

Além disso, a carretinha para carro deve ter na traseira: para-choque e protetores para as rodas, lanterna de posição e freio na cor vermelha, iluminação de placa, setas, lanternas laterais e delimitadoras (se necessário), faixas reflexivas e sistema de freio (serviço e estacionamento) independente para veículos com tração superior a 750 kg.

Quais são as penalidades no caso de descumprimento?

Transitar em desacordo com a legislação pode acarretar algumas consequências indesejadas. Além de colocar a segurança em risco, pode ser que o responsável seja penalizado pelo descumprimento das normas do Contran indicadas no artigo 230 do CTB.

As penalidades variam de acordo com a transgressão cometida, podendo ser médias, graves e gravíssimasDirigir o reboque fora das especificações, por exemplo, é infração grave. Nesse caso, o responsável perde cinco pontos na CNH e recebe uma multa no valor de R$195,23.

Devo fazer um seguro da carretinha para carro?

Certamente, a melhor opção é proteger o patrimônio. Entretanto, não é possível fazer o seguro da carretinha para carro, uma vez que ela não faz parte da Tabela Fipe e é considerada pela seguradora como um reboque. Nesse caso, a melhor opção é contratar o seguro para o veículo que carrega a carretinha, já que ele é aceito. Dessa maneira o motorista poderá contar com a proteção contra furto e roubo, assistência 24 horas e outros benefícios.

Como você pode perceber, para respeitar a legislação e não receber multas é preciso conhecer bem as regras. Certamente, após ler esse artigo, será capaz de evitar muitos transtornos. Lembre-se que as normas visam a redução de acidentes e a promoção da segurança daqueles que trafegam pelas estradas do país

Pronto! Agora você sabe tudo o que precisa sobre carretinha para carro. Que tal compartilhar esse post nas suas redes sociais para que outras pessoas tenham acesso à legislação sobre o uso dos reboques?

Quer pagar até 80% menos no seguro do seu veículo?

Se você quer ficar tranquilo para curtir seu carro, moto ou caminhão, sem se preocupar com os imprevistos e perda do seu patrimônio, temos uma boa notícia: agora você pode fazer isso, pagando até 80% menos do que um seguro completo!

É isso mesmo: com o seguro exclusivo de furto e roubo da Suhai Seguradora, você protege seu veículo, pagando pouco, e ainda conta com assistência técnica 24 horas em todo Brasil.

Isso só é possível porque a Suhai é especialista nesse tipo de cobertura. Peça uma cotação personalizada para seu corretor e deixe a Suhai cuidar do que é seu.Cotação seguro roubo furto carro

 

Continue lendo
0 Comentários | Deixar um comentário

Categorias: Carro, Dicas, Seguro

Quais são as multas mais comuns para motos?

Publicado por Vanessa Luchini em 31-01-2019 15:47

Excesso de velocidade, ausência de equipamento e estacionamento irregular são algumas das multas mais comuns para motociclistas na cidade de São Paulo.

Apenas em 2017, mais de 740 mil multas foram aplicadas aos motociclistas no estado, segundo dados da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego). Apesar de representar apenas 5% do total de multas aplicadas, o valor das multas representa um custo considerável e não planejado para os donos do veículo.

Pensando nisso, listamos as sete multas mais comuns para motos. Leia este artigo e dirija sempre com prudência para evitar surpresas indesejáveis, como multas e acidentes! Vamos lá?

Continue lendo
0 Comentários | Deixar um comentário

Categorias: Moto

Últimas notícias

Assine nosso blog para receber nossos artigos por e-mail

eBook: Será que meu carro pode ser segurado?
Seguro para Moto
eBook - Seguro para caminhão
Pesquisar no Blog